Panela de barro de Goiabeiras (Vitória-ES): agora com Indicação Geográfica deferida (fuja das imitações!)

Comer uma boa moqueca capixaba é um prazer indescritível. Ainda mais se harmonizada com um bom vinho…. casa perfeito com Sauvignon Blanc, pode ir sem medo. Agora, moqueca capixaba só é moqueca capixaba se feita na panela de barro original, que só são feitas num lugar: Goiabeiras (Vitória-ES).  As panelas de Goiabeiras são produzidas artesanalmente com a argila retirada do barreiro do Vale do Mulembá, na ilha de Vitória. O tanino, usado para a impermeabilização das peças, é obtido da casca do mangue vermelho. Tanto a extração da argila como a retirada do tanino são feitos de forma sustentável, garantindo a conformidade com a legislação ambiental. As panelas são produzidas artesanalmente e vendidas, em sua maior parte, por encomenda.

Pois bem, recebi agora e-mail de Kelly Lissandra Bruch informando que o INPI deferiu a Indicação Geográfica, na modalidade Indicação de Procedência, para a panela de barro de Goiabeiras. O deferimento foi publicado na RPI do dia 26 de julho de 2011. A partir desta data, a Associação das Paneleiras de Goiabeiras (APG) terá um prazo de 60 dias para efetuar o pagamento da taxa prevista para expedir o certificado de registro. Com o registro das panelas de Goiabeiras, sobe para onze o número de produtos brasileiros com procedência certificada através da Indicação Geográfica. A certificação protege os produtos de eventuais falsificações, garantindo sua procedência e aumentando sua competitividade.

A Indicação de Procedência para o artesanato brasileiro vem crescendo: a primeira foi deferida para o artesanato do capim dourado do Jalapão, no início deste mês, e a segunda, agora, para as panelas de barro. Segundo o técnico de IG que examinou este último pedido, o período de análise durou cerca de um ano apenas, pois o processo não sofreu nenhuma exigência. (fonte: www.inpi.gov.br e Kelly Lissandra Bruch).

Então, vamos cortar cebola, tomate e coentro, separar o urucum e preparar uma super moqueca com Indicação Geográfica, ou seja, com panela de barro de Goiabeiras. Ah, e para acompanhar, abre um Sauvignon Blanc…. (O Veramonte Reserva Sauvignon Blanc – alvo de post anterior -vai muito bem, já testei). Só de pensar, já estou com agua na boca.

Só para fechar: se já existia a máxima de que “moqueca: só capixaba, o resto é peixada”, agora há uma nova: “panela de barro: só a capixaba (e de Goiabeiras), o resto é tijela”. rsrsr

Anúncios

24 Comentários

Arquivado em Dicas de Vinhos

24 Respostas para “Panela de barro de Goiabeiras (Vitória-ES): agora com Indicação Geográfica deferida (fuja das imitações!)

  1. Mazzei mais um bela informação. A panela de barro Capixaba é um dos nossos maiores patrimônios culturais, se não o maior. Em conversa com uma das maiores chefs de cozinha no Brasil, Roberta Sudbrack, falou que só compra as de Goiabeiras….

    Abs e saúde

  2. Gustavo Bumachar

    Estive lá comprando panela de barro na semana santa , fica ao lado da univix . Recomendo ! Abraço

  3. Gustavo, cozinheiro como vc, só com panela de Goiabeiras. abraços, Mazzei.

  4. Caro Rodrigo,
    Só de ver a foto da moqueca fico com água na boca. E como mineiro, que me arrisco na cozinha, já estou empolgado para adquirir uma destas panelas. Comprei umas “similares” tempos atrás, e que papelão! São horríveis. Tenho que conseguir as de Goiabeiras!
    Grande abraço,
    Flavio

    • Flávio, se vc quiser eu compro as verdaeiras panelas e despacho para vc pelo correio. A panela de barro de verdade (ou seja, a de Goiabeiras) na medida que vai ficando mais velha, vai ficando melhor ainda. Abraços, Rodrigo

      • Caro Rodrigo!
        Que maravilha! Muito obrigado pela gentileza! Vou abusar de sua bondade e aceitar a gentil oferta. Enviarei uma mensagem para o seu e-mail com meu endereço etc. E aproveito para pegar seus dados bancários para depósito. Bem, você vê qual o melhor tamanho para fazer uma bela moqueca.
        Um grande abraço,
        Flavio

      • Fique tranquilo, será um prazer. Vc vai ver a diferença na hora de cozinhar e, obviamente, fazer uma legítiam moqueca capixaba. abraços, Rodrigo

      • Olá. Você despacharia uma pra mim? Tenho procurado muito por elas. Sei que nem o conheço, mas não custa tentar.
        Muito obrigado!

  5. Luciano

    Mazzei,

    A moqueca da foto devia estar apetitosa! Como não vi o abridor de vinho característico do blog, imagino que não foi você que fez essa moqueca, apesar de saber que você é um exímio cozinheiro. Favor indicar o restaurante que faz essa deliciosa moqueca. rsrsrsrs

  6. Realmente Rodrigo é um patrimônio de muito valor. De tanto medo de acabar andei estocando algumas no sótão lá de casa. Esse barro especial da real panela de barro capixaba é um recurso não renovável daí…
    Suas dicas do Uruguai e dos vinhos foram ótimas. Adoramos a Bouza. Restaurante maravilhoso bem como a comida e os vinhos.

    • Caro Elias, que bom que curtiu o Uruguai. Espero que tenha trazido uns vinhos bons (para podermos beber juntos, rsrsrsr). Eu acho que peixe feito fora na nossa panela não fica com o mesmo gosto. E, por fim, obrigado por acomnpanhar e participar do blog (vc é um assíduo leitor e dá ótimas dicas de vinhos e matérias). Abraços, Rodrigo

  7. Gilson

    Um amigo da França quando em visita à Vitória, me pediu que não deixasse ele ir embora antes de visitar o Convento da Penha e de ver as Paneleiras de Goiabeiras produzindo as panelas que ele levaria consigo!!
    O Manuel Pierre, ficou embasbacado! Achou um pouco de falta de infra do governo (prá variar), mas sempre me fala que faz as “melhor muquéc” com as panelas daqui!! Salue Manuel!! Viva as Paneleiras!!!

    • Gilson, as panaleira são o retrato do descaso com a cultura e colinária capixaba. Espero que as coisas mudem e a Indicação de Proced~encia pode ser um começo. Um grigo ter que falar isso, é de lascar. abraços, Rodrigo

  8. Felipe

    Olá Rodrigo! Pesquisando sobre a moqueca capixaba, encontrei a foto da moqueca que minha mãe fez lá em casa (Vitória) em 2005 no seu Blog. Fico muito contente por valorizar essa tradição das paneleiras de Goiabeiras. Minha mãe comprou lá também. E ela adora fazer a autêntica moqueca. Embora seja do interior do RJ, ela é capixaba de coração e na culinária desde que se mudou para o ES há algum tempo. A foto está postada no meu flickr http://www.flickr.com/photos/felipeborges/79076163/in/photostream .
    Abraços
    Felipe, São Paulo-SP

    • Caro Felipe, eu fiz uma procura na rede e achei a foto da moqueca da sua mãe simplesmente sensacional: uma verdadeira moqueca capixaba. Obrigado pela visita. Vou entrar na sua página pessoal. Abraços, Rodrigo

  9. laura

    Olá Rodrigo, sou apaixonada pela culinária artesanal e através da minha faculdade de Artes, fiquei conhecendo “As paneleiras de Goiabeira”.Fiquei apaixonada pela arte e pelas panelas, sou de São Paulo, e gostaria muito de conhecer esta arte de perto, mas está muito difícil. Li em algumas postagens que você se propôs a despachar as panelas, você ainda faz isto? Me interessei muito por esta possibilidade.Meu email é laura.nuness@terra.com.br
    Abraços

  10. Francisco Hélio

    Olá Rodrigo. Tenho várias panelas de barro, entretanto, não são confiáveis. Gostaria de adquirir as verdadeiras das paneleiras de Goiabeiras. Desejo comprar duas para Muqueca. Como faço para comprá-las? Moro em Natal, capital do Rio Grande do Norte.
    Um forte abraço.

    • Francisco, eu estou meio enrolado, jpa que vou defender meu doutorado. Mais gente me pediu o contato das paneleiras (as originais). Assim que conseguir te passo um e-mail e faço um post. Obrigado pela visita. Abraços, Rodrigo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s